SharePoint

CA de Torres Vedras acompanha aumento salarial das ICAM

12/05/2022

A Caixa Agrícola de Torres Vedras, embora não seja associada da FENACAM, vai atualizar as tabelas salariais e cláusulas de expressão pecuniária para 2021 e 2022 pelos mesmos valores.

A Caixa Agrícola de Torres Vedras subscreveu, em 2006 e 2011, o ACT das ICAM, enquanto membro da associação empregadora, a FENACAM. E embora atualmente já não seja associada da FENACAM, tem aplicado aos seus trabalhadores o resultado das negociações do ACT.  

Ao tomar conhecimento do recém-acordo salarial para 2021 e 2022, a Caixa de Torres Vedras comunicou ao MAIS que seguirá a atualização das tabelas salariais e cláusulas de expressão pecuniária negociadas pela FENACAM, com os respetivos efeitos retroativos. O Processamento será efetuado em junho.

O MAIS congratula-se com esta posição, considerando que é fundamental que todos os trabalhadores das Caixas de Crédito Agrícola tenham os mesmos direitos que, no mínimo, deverão ser os resultantes da sua Convenção Coletiva de Trabalho.

Recorde-se que o recente acordo do ACT das ICAM implica, para 2021, um aumento de 0,9% nas tabelas salariais e cláusulas de expressão pecuniária, bem como o aumento do subsídio de refeição para 9,90€ (efeitos retroativos a 1 de janeiro de 2021).

E, para 2022, aumento de 1,3% nas tabelas salariais e cláusulas de expressão pecuniária e o valor do subsídio de refeição passa para 10,50€ (efeitos retroativos a 1 de janeiro de 2022).