SharePoint
Yasuke Korusan
23/09/2022 09:00
Mais Sindicato
Yasuke Kurosan foi um escravo africano (originário do atual Moçambique) que se tornou no único samurai negro na história do Japão. Baseando-se nas artes marciais, danças guerreiras africanas e danças urbanas, o coreógrafo Smaïl Kanouté explora o encontro sensível e estético entre a África e a Ásia por meio da questão da miscigenação de identidades enquanto formas artísticas.

Entre património, apropriação e autocriação, o coreógrafo abre caminho para as nossas identidades em devir. Diante dos nossos olhos, assistimos à recriação de um presente a partir de um passado desconhecido ou imaginado, à luz do movimento afro-futurista.

Ficha técnica
Coreografia: Smail Kanouté;
Interpretação: Aston Bonaparte, Felicia Dotse, Smail Kanouté, Kandé Magassa, Ndedi Ma Sellu, Aisi Zhou, Salomon Mpondo-Dicka.

Domingo, às 17h00, na Fundação Calouste Gulbenkian.

©Nora Houguenade
Fonte: Agenda Cultral de Lisboa