SharePoint
Rui Chafes - Início Permanente
11/06/2021 09:00
Mais Sindicato
Início Permanente é o título da escultura em ferro que dá nome à exposição, e foi criada para o espaço da galeria. Segundo o artista, Início permanente é o tempo em suspensão onde a vida e a não-vida, a morte e a não-morte, encontram a sua origem, o seu ponto de partida.

A escultura em ferro jaz no chão de madeira, na penumbra. É a forma feminina da origem do mundo, mas é escura, pesada e não sabemos se traz com ela a vida. Pode ser um crânio putrefacto dentro duma armadura que brota da terra, tal como uma semente germinada, uns dias depois da batalha. Há a esperança que talvez seja um portal, uma sombra que nos leve para um outro mundo ou, melhor ainda, que nos traga de volta a este.

O trabalho de Rui Chafes é deste mundo. É de fogo e é em ferro. O escultor que trabalha em séries, que se prolongam no tempo, e vê as suas esculturas como sombras, acredita que a origem da arte foi a tensão entre o sagrado e o profano e que devemos saber qual o nosso destino na terra. Com Início Permanente, traz-nos uma nova escultura e, assim, mais uma expansão da linguagem da arte.

Segunda a sexta, das 15h30 às 19h00, até 25 de junho, na Galeria da Casa A. Molder.
Sábado, domingo e feriados por marcação em info@galeriadacasaamolder.com

Agenda Cultural de Lisboa