SharePoint

FAQS

footer_faq.jpg

Quem pode participar nas ações de Formação?

Todos os sócios do Mais Sindicato, no ativo ou na reforma, consoante os destinatários de cada tipo de ação.
Os destinatários das ações têm a ver com as áreas de Formação, a saber: 
     Profissional 
     Sindical
     Reformados
     Temática

Como são divulgadas as ações de Formação?

São utilizados vários canais: no Portal Mais Sindicato, nas revistas ‘O Bancário’ e ‘FEBASE’, através de ‘Newsletters’ e por intermédio das Secções Sindicais de Empresa e Regionais.

Onde são realizadas as ações de formação?

Em regra, favorecemos a sua realização em instalações do Mais Sindicato, em Lisboa, no Centro de Férias e Formação de Ferreira do Zêzere e nas Secções Regionais que possuam sala para o efeito. Esta opção permite, naturalmente, uma efetiva redução de custos.
Porém, por vezes, realizam-se em salas alugadas, normalmente em unidades hoteleiras.

Que devo fazer para participar numa ação de Formação?

Analisar o programa e as condições de participação e, estando interessado, proceder à respetiva inscrição, através do preenchimento de formulário próprio (disponível no Portal Mais Sindicato, nos serviços centrais e noutras instalações do Mais Sindicato).

A frequência das ações é paga?

No que respeita a cursos de formação profissional, isto é, ações que abordem matéria exclusivamente relativa à atividade bancária, a frequência é gratuita.

Há algumas ações que têm encargo para os associados?

Sim. Naquelas que respeitam meramente à valorização pessoal dos sócios, ou seja, que abordam temas que não têm a ver com a normal atividade bancária ou do Sindicato (como, por exemplo, línguas estrangeiras, fotografia, informática para reformados, etc. ), os sócios são chamados a comparticipar com um reduzido valor, complementando o SBSI o restante pagamento aos formadores e à respetiva logística.